quarta-feira, 2 de janeiro de 2008

Entendi tudo

Plural dá azar. Só pode ser isso!

Um comentário:

Graça disse...

Ah, dá. Dá mesmo.
Todas as vezes em que eu deixei de ser a primeira pessoa do singular para ser primeira pessoa do plural, minha vida atraiu má sorte.
A teoria que eu desenvolvi é de que na vida passada eu fui um plural feliz, e que por isso nesta vida eu estou condenada a ser uma singular. Só pode ser isso.
(..... era disso que esse post estava falando, né? =P)